Home » Opinião » Bullying: Hostilidade entre alunos

Bullying: Hostilidade entre alunos


fight for the girl     -HDR

O bullying é uma palavra de origem inglesa que tem por significado as ameaças e as intimidações cometidas entre alunos.É muito comum esse tipo de comportamento nas escolas do mundo todo.Identificar o problema não é difícil, alunos extremamente tímidos, isolados, estrangeiros ou,  com aparência incomum à da maioria das outras crianças, podem ser os principais alvos de bullying.A função do professor,  em caso de bullying, é trabalhar o problema com a colaboração dos pais dos alunos envolvidos e, se possível, contar com o auxílio de um assistente social ou psicólogo.

É importante que se tenha uma consciência exata sobre cada caso, para que  todos os aspectos possam ser trabalhados como, preconceito, inveja, baixa auto estima do próprio causador de bullying (nestes casos entende-se que, o ataque possa ser uma forma de defesa) e, problemas familiares e psicológicos como, morte na família ou do animal de estimação, separação dos pais, mudança de escola … entre outros.A proposta é que, o causador do problema seja visto como a maior vítima do bullying.

Entretanto, em casos como estes, estão envolvidos dois ou mais alunos responsáveis pelas intimidações, ameaças e agressões físicas ou verbais, o que dificulta a distinção entre eles, já que, alguns alunos participam do grupo ofensivo, apenas para não decepcionar os colegas de convívio, e não apresentam sérios problemas emocionais.

Aumentar a vigilância durante os intervalos ou recreios, também pode ser uma opção para o diretor ou para o responsável pelas crianças que,  pretendem combater o problema.Muitas delas são espancadas nos banheiros das escolas mas, não revelam ter sofrido a agressão por medo, culpa ou mesmo para evitar o sentimento de humilhação.

Passar por situações como estas, podia ser visto como uma forma de aprendizagem pelos educadores de nossas avós, eu mesma cheguei a ouvir de uma das diretoras dos meus filhos, que passar por situações de conflito como as do tipo que caracterizam o bullying,  os fariam desenvolver a auto defesa!

Mas a contradição dos fatos se dá na impunidade dos agressores que,  acabam por cometer delitos graves, e crimes violentos, quando não são capazes de reprimir uma pessoa pela vida toda.Esta é a característica de quem passou por uma direção escolar  falha e mal preparada.

Palestras e debates entre pais e professores também auxiliam na resolução dos casos de bullying, afinal, todos já passamos por isso ao menos uma vez na vida.A elaboração de planos de aula que possam educar as crianças nesse sentido são essenciais desde muito cedo, durante a pré escola.


About Teka

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Ad Plugin made by Free Wordpress Themes