Home » Ciencias » Ciências: Esqueleto Humano

Ciências: Esqueleto Humano


esqueleto humano

O esqueleto humano tem a função de proteger alguns de nossos órgãos vitais como, coração, encéfalo e pulmão, mas além de proteger esses órgãos, nosso esqueleto ainda contribui para a nossa sustentação, movimento.Estão presos aos ossos, por exemplo, os tendões ligados  aos músculos, ligamentos e cartilagens.Sem toda esta estrutura, não teríamos como nos manter em pé, por exemplo.Outra função dos ossos é a produção de células sanguíneas, e a capacidade de reserva de cálcio.

Os ossos do esqueleto humano se diferem entre os sexos feminino e masculino.Esta diferença pode ser percebida na região do esqueleto conhecida como pélvis.A pélvis de um esqueleto feminino se apresenta mais larga, para dar passagem suficiente a um bebê.

Cada osso componente do esqueleto humano recebe um nome equivalente ao seu tamanho, são eles:

  • Ossos longos: Sua estrutura é reconhecida por possuir uma dimensão maior que a sua largura.Um exemplo de ossos longos são o fêmur (osso da coxa) e a tíbia (osso da perna).Além destes ainda consideramos ossos longos o rádio, e ulna.
  • Ossos curtos: Os ossos curtos são equivalentes ao osso do carpo e ao osso do tarso.
  • Ossos sesanóides: Este tipo de osso se desenvolve na parte interna de alguns de nossos tendões.Um exemplo de osso sasanóide é a patela.
  • Ossos laminares: Como o próprio nome diz, os ossos laminares se parecem com lâminas, e são eles os ossos da costela e escápula por exemplo.
  • Ossos irregulares: Os ossos irregulares não se equivalem com o restante do esqueleto, estes são as vértebras e sacro.
  • Ossos pneumáticos: Os ossos pneumáticos recebem este nome por que contém ar em sua cavidade, este tipo de osso é encontrado em nossa área frontal e maxilar por exemplo.

O esqueleto humano adulto é formado por 206 ossos, enquanto que o esqueleto de um bebê soma 270 deles.Acontece que, enquanto bebês, possuímos estruturas ósseas frágeis em determinadas áreas do nosso crânio, estas são conhecidas como fontanelas ou moleiras, e tendem a desaperecer com o crescimento do indivíduo.Este tipo de osso existe para que a cabeça do bebê consiga atravessar o canal vaginal da mãe na hora do parto com maior facilidade.

Nossos ossos iniciam a sua formação já nas primeiras semanas de vida, ainda no útero da mãe, e só completam o seu desenvolvimento aos 25 anos, embora parem de crescer quando se inicia a puberdade.


About Teka

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Ad Plugin made by Free Wordpress Themes